Translate

sábado, 22 de março de 2014

Reviva sua infância a minha foi assim

cavalos no pasto
cavalos pastando
Morro da Garça

Do ano em que nasci, até aos seis anos de idade, não me recordo de nada, mas os meus pais moravam no sítio, que fica próximo da minha cidade natal, e por ali com certeza dei um pouco de trabalho, para minha mãe e para uma moça que ajudava nos afazeres domésticos, também tinha um rapaz que morou muitos anos com meus pais. Moramos por um tempo neste sítio juntamente com minha avó paterna. Neste período me foi dito, que um dia teria chovido muito, fora do normal, e que os córregos (rios pequenos), estavam todos cheios, encheram muito rápido, e que eu sair sozinho, pela enxurrada afora, pois adorava brincar nas águas da chuva. Sair pelos campos atrás de uma Senhora, que também morava na minha casa, que era muito querida, que teria saído um pouco antes daquela chuva, para ir até a casa da sua irmã. Andei bastante, até que cheguei à beira de um córrego, que teria de atravessar para chegar à casa da irmã desta senhora. A minha mãe e todos que ali estavam, me procuraram por todos os lugares que achavam que eu pudesse está, mas não acharam. Era um desespero só, porque eu era ainda muito pequeno. Mas o rapaz que morava na nossa casa foi atrás, e me encontrou. Eu estava sentado à beira de um rio, olhando as águas correrem, certamente a hora que desse iria atravessar. Ainda bem que não atravessei este rio, e estou aqui para contar esta história para todos (Nelson Alves).